Dieta Das Vacas

Atualmente, um dos principais poluidores da atmosfera e fator agravante do efeito estufa é o metano presente nos gases de vacas e bois. No Mundo, de acordo com a ONU, a criação e produção de gado bovino é responsável por aproximadamente 14,5% das emissões globais de gases de efeito estufa. As cerca de 1,3 bilhão de vacas do mundo geram, durante a digestão, uma quantidade de metano similar a todo o sistema de transporte global e que contribui com 23% do efeito estufa.


Pensando em formas de contribuir com o meio ambiente, lançamos um estudo global, conduzido pelos cientistas Octavio Castelan, PhD da Universidade Autônoma do Estado do México, e Ermias Kebreab, Phd da Universidade de Davis (California) sobre como reduzir o impacto no meio ambiente gerado pelo gado. O material concluiu que uma pequena mudança na alimentação de vacas e bois criados em confinamento pode surtir um efeito surpreendente: a adição de 100g capim-limão à dieta prescrita pode ajudar a reduzir em 33% das emissões diárias do gás Metano.


Aqui no Brasil, nos unimos a JBS, uma das líderes globais da indústria de alimentos, e durante o segundo semestre, iremos adicionar capim-limão na dieta de mais de 95 vacas e bois criados em confinamento para observar os resultados localmente. A iniciativa está conectada aos nossos compromissos de reduzir a pegada ambiental, o que inclui a emissão de gases que podem causar o efeito estufa, além de continuar buscando melhorias no bem-estar animal junto a seus fornecedores e parceiros.


Todo o resultado será público, assim como os dados obtidos nos Estados Unidos e México. Para que todos os produtores e empresas interessadas possam também proporcionar o mesmo impacto ao meio ambiente, estamos disponibilizando aqui o estudo e a fórmula, com as especificações do capim-limão.


Veja aqui a campanha criada pelo Burger King Estados Unidos.